07 agosto 2015

5 hamburguerias em BH pra comer rezando

postado por Manu Negri


Todas (ou quase todas) as fotos foram retiradas das fanpages das lanchonetes

BH é a capital dos bares, mas bem que podia ser também a capital das gostosuras. Sair pra almoçar ou comer à noite é uma tentação: são infinitas opções e, dentre elas, existem aqueles que são os preferidos entre 11 de 10 cidadãos com gordura corporal acima de 25%: os hambúrgueres. Prepara o babador.


Resenha Burger


Esse é, definitivamente, o meu preferido. Com uma proposta bem brasileira, o cardápio reúne petiscos e sanduíches com ingredientes no naipe de queijo canastra e couve, sem deixar de lado os clássicos bacon e cebola caramelizada. Provei um maravilhoso com bife de costela suína, geleia de abacaxi, provolone crocante, barbecue de melado e ketchup de goiaba (que você pode comprar à parte e levar pra casa!). Anotaí: se chama De lamber os beiços. ◕‿◕

Endereço: Av. Alfredo Camarate, 50 – Pampulha


UPDATE: é com pesar que informo que o Resenha, assim como vários excelentes estabelecimentos em BH, fechou as portas. Foi um baque no coração. Mas ele continua em primeiro, ainda assim.



Cosmopolitan


O Cosmopolitan tem hambúrgueres bem variados, com umas opções mais ~lights~ também, além de servirem pizza e almoço self-service (igualmente gostoso).  O sanduba vem acompanhado de batatas do jeito que você preferir e molhinho à sua escolha. Indico, para iniciantes, o Texas: pão de batata, gergelim preto, hambúrguer misto (boi e bacon), american cheese, geleia de pimenta, cebola caramelizada, alface crespa e tomate cereja.

Endereço: Rua Pernambuco, 797 – Savassi



Dub


Indicação da minha colaboradora de gordices e companheira de situações inusitadas, Leticia Gloor.
O Dub, localizado no famoso edifício Maletta e agarradinho com outros bares, também serve drinks e outros pratinhos, como bruschettas e quesadillas. Prove o Pimp Burger: 
pão com gergelim preto, carne artesanal, bacon crocante, picles de cebola roxa, jalapeño confit e requeijão de raspa.


Rua da Bahia, 1148, Ed. Maletta – Centro



Tommy’s Diner & Burger



Não se engane ao passar pela porta do pequeno Tommy's: a carinha pode não ser nada "gourmet", mas os hambúrgueres deixam na poeira muita lanchonete metida a besta (sou fina, não citarei nomes). São deliciosos, num preço acessível e com bifes artesanais de 200 g, fornecidos pelo Farroupilha Grill (ao lado). No 1º BH Burger Fest, eles ahazaram com um menino chamado Fanáticos por bacon. Vamos ver se repetem o feito na segunda edição do evento, que começa dia 21.


Av. Olegário Maciel, 1801 – Lourdes



Pocket Burger

Foto: Destemperados

O Pocket Burger tem uma proposta diferente: funciona mais ou menos como um Subway, onde você monta o hambúrguer do seu jeito, com os ingredientes que você quer. Claro que tem um cardápio com sanduíches prontos, mas o legal é poder inventar. E, de Pocket, só o preço mesmo, porque o bichinho enche bem a barriga. De acompanhamento, fritas, franguinho, chips ou polentinha frita. Dica: o pão australiano é super macio!

Eu tava com tanta fome que esqueci de tirar foto antes. Desculpa qualquer coisa.
Av. Cristóvão Colombo, 476 – Savassi


Bônus: Eddie Fine Burger

Foto: Destemperados

O Eddie foi minha grande paixão quando vim pra BH pela primeira vez. Era a época em que as lanchonetes de hambúrguer caseiro eram escassas e a gente só conhecia McDonald's e Burger King. Coloquei na lista porque não consigo ignorar as delícias que eles fazem lá, mas o Eddie já é figurinha por aqui, com várias filiais e franquia em Salvador, na Bahia. Assim como o Tommy's, é inspirado em lanchonetes do in­terior dos Estados Unidos dos anos 1950 e 1960, lotado de quadrinhos lindos vintages da Coca-Cola. Dica: sanduíches Eddie’s e Naples (de frango, com um crispy sensacional). Ainda dá pra trocar as fritas tradicionais por batatas-sorriso.


E aí, curtiu? Então bora chamar as miga pra degustar sem moderação.



0 comentários:

Postar um comentário